quarta-feira, 9 de maio de 2012

Virose e Glicose

Quando me vi diante destas duas palavras – virose e glicose – acabei lembrando de versos do Drummond:

Não rimarei a palavra sono
com a incorrespondente palavra outono.
Rimarei com a palavra carne
ou qualquer outra, que todas me convêm.
(Consideração do Poema, de Carlos Drummond de Andrade)

O que seria da vida se, assim como na poesia, pudéssemos rimar as palavras conforme a nossa conveniência?
No nosso caso, eu não queria rimar virose com glicose, mas a realidade tratou de reuni-las.

Mesmo depois de mais de 2 anos de convívio com o diabetes, somente na semana passada sentimos como uma virose pode complicar o seu controle. Vimos como uma virose pode provocar a baixa da glicose no corpo.

Depois do Miguel e da Simone, foi a vez da Catarina pegar uma daquelas viroses, seguida de vômitos. Até aí, nada de mais. Tudo ficou mais complicado porque estávamos em viagem, fora do nosso estado. E o quadro de indisposição agravou-se quando ela já tinha feito a sua dose diária de lantus (insulina basal). Assim, vomitando e não conseguindo ingerir nada, as hipoglicemias foram se agravando:
15h23 – 52 mg/dL
15h43 – 69 mg/dL
16h49 - 62 mg/dL
18h14 – 70 mg/dL
21h59 – 77 mg/dL
00h33 – 45 mg/dL
01h10 – 55 mg/dL
01h38 – 71 mg/dL

(lembrando que em jejum, uma pessoa sem diabetes
deve ter de glicemia em torno de 90 mg/dL)

Resultado: às 2 horas da manhã procuramos um hospital para fazer glicose na veia. Como ela não conseguia digerir nada, em função do vômito e do mal-estar, não havia outra saída, pois a lantus aplicada não permitia ao corpo produzir a glicose necessária.
Foi um susto. Pensamos que ela iria desmaiar. Olhando agora para trás, vejo que deveríamos ter procurado um atendimento médico antes. Mas a gente sempre tem esperança de que tudo vai melhorar... de que tudo passa...
De fato, acabou passando – mas só depois de irmos ao hospital. No outro dia, já não fizemos a dose de lantus e assim, mesmo alimentando-se pouco, as hipoglicemias já não ocorreram – sem a insulina basal o fígado conseguiu liberar a glicose para o corpo se manter.

Virose e Glicose, "seria uma rima, não uma solução".
Acabei lembrando de outros versos de Drummond:

Mundo mundo vasto mundo
se eu me chamasse Raimundo
seria uma rima, não seria uma solução.
Mundo mundo vasto mundo,
mais vasto é meu coração.
(Poema de Sete Faces)

3 comentários:

  1. Bom dia!!!

    Também passamos por uma virose nos últimos dias, melhoras pra vcs!!!

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Estas viroses nos dão cada susto... que bom que tudo ficou bem...melhoras para Catarine..bjs pra vcs

    ResponderExcluir
  3. As pessoas têm o costume de desqualificar a virose...rs...Como se fosse uma coisa boba...mas não é! Ficamos muito mal e às vezes demora um pouco para nos recuperarmos...E o problema maior para nós, é que com a aplicação da Lantus, se não comermos, a coisa fica feia mesmo...Me lembro uma vez que estava com virose, tentei comer, mas não conseguia, e ainda como era no começo da minha vida diabética, eu havia aplicado humalog antes de comer...conclusão: não consegui comer e tinha aplicado humalog...tive que tomar um copão de coca-cola pra não ficar com hipo... Melhoras!!! Bj!

    ResponderExcluir